quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

, ,

Segunda Palhasseata de Ilhéus vai provocar sorrisos e emocionar!


Está tudo pronto para a Segunda Palhasseata. Adereços, figurinos, artistas aquecidos, só esperando o público para deixar Ilhéus ainda mais colorida e alegre. Nesta sexta-feira (07), será a abertura oficial do evento, a partir das 19 horas, com música e espetáculos teatrais. Mas, o ponto alto da celebração do dia do palhaço acontecerá a partir das 9 horas de sábado, com a marcha pelas ruas do Centro de Ilhéus. As atividades acontecerão na Casa dos Artistas.  
 A programação de abertura da Segunda Palhasseata será com o espetáculo Cinema Incidental, com os atores e músicos Elielton Cabeça e Pablo Lisboa executando ao vivo novas trilhas sonoras para filmes mudos de Chaplin. Haverá ainda a exposição de fotografias e charges Dias de Palhaço, na Galeria Hans Koella, números do Circo da Lua e apresentação da peça Homens ajudam homens?, do Grupo Teatral Maktub, responsável pela promoção da iniciativa.
Mas o auge do evento será a passeata de palhaços e demais personagens do universo circense pelas ruas do comércio de Ilhéus. A concentração será às 8 horas, em frente à Casa dos Artistas. A saída do cortejo festivo está marcada para as 9 horas. Após circularem pelas ruas do comércio, o grupo retorna ao espaço cultural, onde haverá apresentações de números cômicos e circenses, fechando com um festival de tortas na cara.
Os interessados em integrar as atividades precisarão trazer um brinquedo para doação. Os produtos arrecadados serão destinados ao evento natalino promovido pelo ator Wallace Reys, o palhaço Linguiça, realizado no bairro São Pedro, em Itabuna.
Diferente do ano passado, quando os grupos e artistas locais realizaram o evento por conta própria e com a colaboração de parceiros, a Segunda Palhasseata é patrocinada pela Fundação Cultural do Estado da Bahia, premiada pelo edital do Calendário das Artes. “Nesta edição, queremos surpreender o público, não só trazendo atrações de alta qualidade técnica, mas criando a atmosfera lúdica e alegre do circo”, afirma o diretor do Grupo Teatral Maktub, Fábio Nascimento.





Reações:

Um comentário: