#SPFW: Dia 1 - Tufi Duek / Cavalera

Nada melhor que voltar a ativa escolhendo os favoritos da temporada paulista de moda nacional, a SPFW. Essa 37° edição tem como fio temático o debate entre moda e arte e transforma o evento em uma enorme galeria com a curadoria do fotógrafo Eder Chiodeto.  A semana de moda começou dia 30 com os defiles da Animale, João Pimenta, Tufi Duek e Cavalera - nesta ordem. Pelo que vi,  foi um dia bem harmônico - esteticamente falando - principalmente sobre as coleções da Tufi Duek e Cavalera, minhas escolhidas.
As coleções são bem diferentes, porém existe algo em comum entre as duas. Digamos que a Cavalera fez o desfile mais "calmo" da história da label, levando um clima hippie pra passarela, com referências a Woodstock e direito a "It Is Love", do Bob Marley na fila final da apresentação, enquanto a Tufi Duek investiu em um verão recatado, com silhuetas bem menos estruturadas em relação as temporadas anteriores - quase não reconheci a Isabelli Fatale Fontana dos desfiles passados, mas mesmo assim, brilhou.


#CAVALERA


O que, na minha opnião, existe em comum entre as duas é o fato de que Eduardo Pombal e Alberto Hiar, diretores criativos da Tufi D. e da Cavalera respectivamente, tiveram inspirações e referências a décadas passadas. 
Hiar tomou como referência os anos 60 e 70, bem "paz e amor", mas não tão roots. Vestidos longos e largos, peças com transparência, jeans justinho, franjas - vide esse vestido lindo de morrer que está logo aí, vocês precisam ver ele em movimento! - e botas ou clogs de couro - adorei a ideia das diferentes cores de couro nas botas - calças, bermudas e camisas de chamois nude. Tudo com o espírito setentista e sofisticado.







 #TUFIDUEK


Do outro lado, Pombal ficou com os anos 50 e 60, especificamente inspirado em piscinas e no vestuário da época. Levando em conta os trabalhos anteriores, podemos dizer que a marca está em uma fase de transição da mulher fatal para a mulher com o ar mais pueril e jovial. É só observar os vestidos com decotes comportados, nada muito curto, e nos pés: meias de neoprene com saltos médios, que aqui cumprem o papel das sapatilhas daquela época.







FOTOS: FFW

0 comentários:

Postar um comentário

 

Flickr Photostream

Twitter Updates

Meet The Author