sábado, 2 de janeiro de 2010

, , , , , ,

Ano de 2009 ofereceu desejo depois da crise

Após um período tumultuado para a economia mundial, o ano de 2009 foi de reconstrução. Sem grandes exageros, os estilistas buscaram refinamento e sofisticação, com a intenção de manter o interesse nos desfiles de moda. Sem grandes lampejos de criatividade ou ousadia, mas com um pouco mais de verba, os criadores puderam brincar na passarela com o que eles mais gostam: o nosso desejo.

O ano do Brasil
O Brasil segue consolidando um certo crédito internacional pela sua estabilidade econômica e política, tanto é que o Rio de Janeiro foi escolhido para acolher as Olimpíadas de 2016. Até a Madonna veio com Jesus buscar dinheiro no país, veja só. Na moda, marcas importantes internacionais continuam abrindo lojas por aqui, num sinal claro de confiança no nosso mercado interno.

Mas e a nossa criação, como vai? Alguns estilistas parecem continuar investindo na sedimentação de uma moda nacional. Não a moda “brasuca”, verde e amarela, mas uma invenção brasileira, sem a qual jamais nosso país terá posição de destaque no mercado, sempre vendendo commodities e pagando mais caro por produtos com valor agregado. Alguns estilistas e empresários perceberam e se esforçam para perder a fama de copiadores, enquanto alguns profissionais ainda acreditam na lei do mínimo esforço e não investem em pesquisa e criação, sem as quais fica impossível inventar coisas novas.

Sem vigiar quem copiou de quem, a coluna Dicas de Moda escolheu os cinco melhores desfiles nacionais deste ano. Veja no álbum os melhores desfiles nacionais de 2009.

  1. Osklen (Verão 2010)
  2. Alexandre Herchcovitch (Verão 2010, na foto acima)
  3. Maria Bonita (Verão 2010)
  4. Cavalera (Verão 2010)
  5. Animale (Inverno 2009

Estrangeiros
A moda internacional passou por grandes sustos devido à crise. Várias empresas fecharam ou mudaram sua estratégia de marketing no intuito de ganhar clientela ou até mesmo mantê-la. Christian Lacroix decretou falência e a Emanuel Ungaro contratou Lindsay Lohan como consultora. Não foi à toa que o presidente da grife, Mounir Moufarrige, se desligou.

Houve crise também na capacidade de criar novidades: Kate Moss e Lily Allen continuam os ícones máximos de estilo. E até Michele Obama foi convocada para tentar imprimir novos valores à moda. Não fossem as cantoras Lady Gaga ou Beth Ditto, do Gossip, correríamos o risco de morrer de tédio. Mesmo assim, escolhemos os cinco melhores desfiles de 2009, que você vê em nosso álbum.

  1. Miu Miu (Verão 2010)
  2. Chanel (Verão 2010, na foto acima)
  3. Alexander McQueen (Verão 2010)
  4. Louis Vuitton (Verão 2010)
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário