terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Lara Stone + Cole Mohr: conheça a dupla que deve vir ao Brasil

Como já havia sido divulgado anteriormente, a top Lara Stone virá ao Brasil em janeiro de 2010 desfilar para a Forum Tufi Duek durante o SPFW. O que pouca gente sabe é que a Aüslander, grife de Ricardo Brautigam que desfila no Fashion Rio, estaria negociando a vinda do modelo masculino mais querido entre osfashionistas do mundo inteiro: o texano Cole Mohr.

Com uma certeza numa mão (Lara) e um boato na outra (Cole), o portal FFW traça um perfil desses dois nomes que, por serem totalmente fora do perfil do mercado (ele super andrógino e ela levemente gordinha), se tornaram referências de estilo dentro e fora das passarelas e revistas de moda. E mais: ambos confirmam a tese de que hoje em dia, ter só um rostinho bonito não basta.

LARA STONE

Lara para a revista Glamour, em 2005 © Reprodução

Holandesa, 26 anos, começou a carreira em 1999 participando de um concurso da agência Elite. É um mix de Brigitte Bardot, Kate Moss, Gretta Garbo e um pouco de genética misturada do pai inglês com a mãe holandesa. Tentou se enquadrar dentro dos padrões do mundo da moda e não conseguiu, chegando a pensar em desistir da carreira de modelo. Foi quando conheceu um agente da IMG e entrou para o castingda agência. Depois de virar queridinha da editora Carine Roitfeld da “Vogue Paris” e de Ricardo Tisci da Givenchy, Cathy Horyn (crítica de moda do “New York Times”) dá o veredicto: “Lara é a antimodelo, por conta do corpo avantajado”. A modelo, por sua vez, desabafa: “Eles falam que você está com curvas, mas você sabe que isso significa que você está gorda!”.


Lara com Jamie Dorman na última edição da revista i-D © Alasdair McLellan

Negra na Vogue Paris por Steven Klein © Reprodução

Eleita a garota do ano pela “Vogue UK”, Lara está em seu melhor momento: é a nova garota-propaganda da Louis Vuitton, em fotos de Steven Meisel, ocupando assim o lugar que pertencia à ninguém menos que Madonna. Mas não é a primeira vez que isso acontece, afinal, em 2007, Lara tomou de Kate Moss o posto de garota-propaganda da Calvin Klein.

Abaixo, Lara e Baptiste Giacobini no curta-metragem da Chanel dirigido por Karl Lagerfeld:


Camaleoa, virou negra esse ano em editorial da “Vogue Paris”, revista que dedicou uma edição inteira para ela em 2008. Já no começo de 2010, ela estampa a capa da terceira edição da revista “LOVE”, de Katie Grand. Em entrevista à “Vogue Hommes International”, Lara dá a receita do seu homem perfeito: “Seria um mix de Johnny Depp, Clive Owen e Olivier Martinez”. Pra terminar, ela odeia que a chamem de fofa. Recado dado, garota de personalidade forte.

Encarnando a freira sexy em editorial da Vogue Paris pro Cedric Buchet © Reprodução




COLE MOHR


Cole em polaroid da agência Re:Quest ©Samuel Zakuto

Nasceu no estado do Texas (EUA), tem 23 anos e começou a carreira em 2006 desfilando para a Dior Homme e, por causa disso, acabou caindo nas graças de Hedi Slimane, então estilista da marca que acabou transformando Cole na imagem perfeita do novo homem da grife: magro, andrógino, cheio de atitude e com pegada rocker. Depois disso não parou: virou referência de estilo para os modernos e para o mercado de modelos, que começou a selecionar cada vez mais meninos tatuados e exóticos para seus castings. Em 2007, encarnou o diabo para a revista “V” ao lado da brasileira Raquel Zimmermann, em fotos de David Sims. Foi um dos editoriais mais impactantes daquele ano.

Com a namorada, a stylist Stella Greenspan, para a Contributing Editor © Reprodução


Em 2008, foi estrela da “Arena Homme”, aparecendo em editorial com seu amigo e também modelo Luke Worral, em fotos de Juergen Teller, o mesmo que o fotografou para a campanha de Marc Jacobs (também em 2008), causando polêmica com imagens que mostravam Cole super à vontade usando vestidos e peças femininas da marca. Em 2009, na lista dos modelos masculinos mais bem pagos da Forbes, apareceu entre os 10 primeiros. De acordo com o jornalista Lula Rodrigues, especialista em moda masculina do jornal “O Globo” (veja o post aqui), Cole Mohr “é o modelo de homem do século 21″.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário